Missão e ambição


“O nosso objectivo é lutar contra a poluição marinha causada pelos resíduos petrolíferos que são lançados ao mar pelos navios. A tecnologia Ecoslops tem um papel importante na concretização deste objectivo reduzindo os custos da recolha impostos às companhias marítimas e produzindo, à escala industrial, novos combustíveis e betume ligeiro.”
Michel Pingeot, co-Fundador et Presidente Honorário da Ecoslops

seablueROUND

A ambição da Ecoslops é a de se impor como um actor principal do tratamento dos resíduos oleosos marítimos. A Ecoslops é um operador da economia circular e utiliza uma tecnologia inovadora que permite a transformação optimizada daqueles resíduos em novos combustíveis e betume ligeiro.

A tecnologia Ecoslops é inovadora porque permite tratar os resíduos petrolíferos de origem marítima (slops e sludges), que contêm água, sedimentos, metais pesados e poluentes diversos.

Para estes resíduos industriais, que são quase sempre incinerados por falta de outra valorização, a Ecoslops propõe uma solução sustentável, económica, transparente, rastreável e que respeita as normas ambientais.

A Ecoslops beneficia de uma experiência técnica reconhecida pela sua capacidade de recolher, armazenar, tratar e de assegurar a rastreabilidade dos resíduos petrolíferos. O seu processo integrado constitui uma alternativa atraente para as infraestruturas portuárias e para os colectores de resíduos e armadores.

Com o arranque da sua primeira instalação industrial, a Ecoslops provou a pertinência do seu conceito e da sua aplicação em grande escala. A Ecoslops é, assim, a primeira empresa a produzir novos combustíveis a partir de resíduos petrolíferos gerados pelos transportes marítimos.

Em paralelo, a Ecoslops propõe às companhias marítimas uma redução do custo de recolha dos seus resíduos de hidrocarbonetos ao mínimo essencial, e já garantiu uma grande parte do seu abastecimento a partir de armadores de referência e colectores europeus.

Vários projectos para unidades de micro-refinação já foram identificados e estão em diversos estados de  desenvolvimento (Marselha, Antuérpia, Suez, etc.)